Renda Pará 500 libera benefício para motorista de aplicativo e motofretista em 5 de julho

Share on facebook
Share on whatsapp

O Programa Renda Pará 500 já beneficiou quase 16 mil motoristas profissionais e mototaxistas. O auxílio integra o pacote econômico criado pelo governo do Estado para garantir renda aos segmentos mais atingidos pela pandemia de Covid-19, e assim estimular a manutenção de serviços essenciais.

Esta etapa foi destinada a taxistas, mototaxistas, motoristas de van e transporte escolar. Até a última sexta-feira (25), data em que a primeira etapa do calendário de pagamento foi finalizada, haviam sido pagos mais de R$ 6,8 milhões.

A segunda etapa do benefício será destinada a motoristas de aplicativo, motofretistas e retardatários – aqueles que, por algum motivo, não conseguiram receber o auxílio. Para estas categorias, o calendário de pagamento iniciará no próximo dia 5 de julho.

A Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) organizou e recebeu a relação de motoristas credenciados, encaminhadas pelas prefeituras, empresas de aplicativos de transporte e pela Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon).

Empenho – O titular da Seaster, Inocencio Gasparim, informa que a Secretaria esteve empenhada na organização do processo, a fim de garantir que todas as listas enviadas por empresas e prefeituras fossem recebidas, sistematizadas e enviadas ao Banco do Estado do Pará (Banpará). “Desde a convocatória, nos colocamos à disposição para esse recebimento de dados. É um trabalho árduo que nos exigiu uma força-tarefa. Analisamos caso a caso, ouvimos as categorias e conseguimos finalizar esta etapa de sistematização. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas nesse processo, temos nos esforçado ao máximo para garantir que o trabalhador vá ao banco, seja atendido de forma ágil e receba o seu benefício”, acrescenta o secretário.

Antes se dirigir a uma agência, o beneficiado deve acessar os sites da Seaster e Banpará com o número de CPF e data de nascimento, para verificar se seu nome está na lista de contemplados. Ele também deve acompanhar o calendário de pagamento, baseado no mês de nascimento dos beneficiários.O benefício é pago somente nas agências do BanparáFoto: Alex Ribeiro – Ag. Pará

“Alinhamos o calendário para que aqueles que têm enfrentado dificuldades também sejam contemplados. Todos que estiverem nas listas enviadas à Seaster, e permanecem como ‘não cadastrado’ nos sites da Secretaria ou do Banpará, deverão se dirigir à agência mais próxima também a partir do dia 5 de julho, sempre seguindo o calendário de pagamento, munidos de documento oficial com foto. Nas agências será realizada a devida regularização e o recebimento imediato do benefício”, informa Inocencio Gasparim.

De acordo com a Seaster, na primeira etapa foram liberados R$ 15 milhões, e serão liberados mais R$ 15 milhões na próxima fase do cronograma.

Ag. Pará 

VEJA ISSO TAMBÉM