Sócio de restaurante discute com entregador: ‘pago R$ 140 mil de aluguel pra motoboy sentar aqui?’; assista

No último sábado, 17, repercutiu nas redes sociais, uma discussão entre um empresário e um motoboy em um shopping do Distrito Federal. Durante a confusão, o sócio do restaurante Abbraccio questionou o motivo do entregador usar o espaço do ParkShopping para carregar o celular.

 

O motociclista Everton Santos Silva relatou que estava em uma área do estabelecimento comercial chamada de “doca”. Esse espaço, segundo Everton, é usado como ponto de apoio por entregadores que aguardam os restaurantes finalizarem os pedidos.

O motoboy disse ainda que, no sábado, após 30 minutos de espera, um dos donos do restaurante, que aparece no vídeo, saiu com o pedido na mão e falou para o motoboy parar de destratar os funcionários do estabelecimento, dando início ao desentendimento.

“”Ele começou a falar que não era pra usar a tomada e se exaltar. A gente se sente humilhado, né?”, comentou.

Em nota, a Bloomin’Brands, grupo detentor da marca Abbraccio, lamentou o ocorrido, disse que apura o caso e que afastou sócio, mas não detalhou a medida. O nome do empresário que aparece nas imagens não foi divulgado.

Everton contou também que não procurou a Polícia Civil e que desistiu de fazer a entrega. “Fiquei nervoso. Percebi que se eu tratasse ele da mesma forma que fui tratado, só iria aumentar a discussão”, relatou.

Roma News

 

Deixe um comentário