2 vigias são presos acusados de facilitarem furto de óleo diesel

Outros 3 acusados estão foragidos e deixaram para trás um carro com o reservatório onde seria colocado o óleo

Dois vigias da Prefeitura de Tailândia, lotados na Fábrica de Asfalto, foram presos na madrugada desta segunda-feira (26), acusados de receberem R$ 200 reais para facilitarem o furto de óleo diesel no local.

A ação foi impedida e flagrada pelo Secretário Municipal de Transportes, Regis Moraes, que acionou a Polícia Militar imediatamente. Os ladrões deixaram para trás um carro, modelo Fiat Uno, com placa possivelmente adulterada, uma carrocinha com o reservatório para 1.500 litros e vários tambores de 50, 100 e 200 litros.

Ao todo, cerca de 2 mil litros de óleo seriam furtados do local. O que daria um prejuízo de quase R$ 8 mil reais aos cofres públicos, segundo a Secretaria. A suspeita da polícia é que a pratica já vinha sendo cometida há algum tempo.

O flagrante só foi possível, por que o Secretário tinha ido ao local abastecer o ônibus do TFD, que seguiria viagem para Belém. Ao perceber a chegada do ônibus, os ladrões fugiram pelo matagal. A polícia já identificou dois dos três que fugiram e vai pedir a prisão preventiva à Justiça.

O vigilante Francisco Dias de Matos e o caseiro Raimundo Pereira Lopes, de 58 e 68 anos respectivamente, estão presos na delegacia de Tailândia Em entrevista, eles negaram qualquer envolvimento. Francisco disse que abriu o portão após ficar com medo. Já Raimundo, relatou que estava bêbado no momento.

Mas de acordo com o delegado Márcio Nogueira, os dois teriam confessado que facilitaram a entrada dos bandidos em troca dos R$ 200 reais. Francisco trabalha há 3 anos no local e Raimundo há 20.

A Polícia Militar e a Polícia Civil já estão fazendo diligências para prender os outros envolvidos. Um inquérito foi aberto, os dois vigilantes vão responder por furto qualificado e associação ao crime.

Portal Tailândia

Deixe um comentário