Cantora paraense Cleide Moraes morre em acidente de trânsito na PA-391

A cantora estava voltando às atividades após o recesso causado pela pandemia (Divulgação)

A cantora Cleide Moraes faleceu na noite desde domingo (26), vítima de acidente de trânsito na rodovia PA-391, a Belém-Mosqueiro, perto do Município de Santa Bárbara. Tão logo a informação começou a circular por meio das redes sociais, muitos artistas, fãs e conhecidos da cantora chamada de “Rainha da Saudade” passaram a lamentar o fato.

De acordo  com informações, a cantora havia feito  seu primeiro show após quatro meses, por causa da pandemia. O músico Miguel Marks estava no carro com a cantora. Ele foi  hospitalizado. De acordo com relato de Miguel horas antes nas redes sociais, eles haviam feito show em Icoaraci. O carro em que a cantora trafegava colidiu com outro, e a polícia apura a informação se o condutor desse segundo veículo estava embriagado.

A União dos Artistas Paraenses fez postagem em homenagem a Cleide Moraes nas redes sociais. O deputado federal Edmilson Rodrigues externou: “Que tristeza! Minha solidariedade e carinho aos familiares da grande amiga e cantora Cleide Moraes.
Que tempos difíceis de tantas perdas!”.

A cantora Cleide Moraes faleceu na noite desde domingo (26), vítima de acidente de trânsito na rodovia PA-391, a Belém-Mosqueiro, perto do Município de Santa Bárbara. Tão logo a informação começou a circular por meio das redes sociais, muitos artistas, fãs e conhecidos da cantora chamada de “Rainha da Saudade” passaram a lamentar o fato.

De acordo  com informações, a cantora havia feito  seu primeiro show após quatro meses, por causa da pandemia. O músico Miguel Marks estava no carro com a cantora. Ele foi  hospitalizado. De acordo com relato de Miguel horas antes nas redes sociais, eles haviam feito show em Icoaraci. O carro em que a cantora trafegava colidiu com outro, e a polícia apura a informação se o condutor desse segundo veículo estava embriagado.

A União dos Artistas Paraenses fez postagem em homenagem a Cleide Moraes nas redes sociais. O deputado federal Edmilson Rodrigues externou: “Que tristeza! Minha solidariedade e carinho aos familiares da grande amiga e cantora Cleide Moraes.
Que tempos difíceis de tantas perdas!”.

Já o cantor Markinho Duran comentou: “A Rainha da saudade. Uma das maiores vozes do estado se cala, deixando um vazio enorme para aqueles que tiveram o privilégio de compartilhar de sua amizade e talento. Hoje tem festa no céu, sua voz encantará os anjos, e alegrará os ouvidos de Deus”.

Jango Vidal, presidente emérito do Rancho disse lamentar demais a morte da amiga “pela companheira, amiga que ela era, pela cantora, por tudo o que ela fazia na realidade não só como cantora,mas em ações sociais”.

Ao tomar conhecimento do falecimento da cantora, a secretária de Estado de Cultura, Úrsula Vidal, declarou: “”Ela estava retomando lentamente a atividade de uma vida dedicada à música, aos sucessos que marcaram amores, despedidas e saudades. Cleide Moraes nos deixou, neste domingo que termina triste e silencioso. Que a lembrança de sua voz marcante seja sempre um acalanto na memória de tantos fãs”.

Fonte: www.oliberal.com

Deixe um comentário