Estado ganhará mais um hospital regional

Unidade hospitalar é resultado da parceria do Governo do Pará com a Vale. Serão 120 leitos para atender mais de meio milhão de pessoas no sudeste paraense

Governador Helder Barbalho e o vice-presidente Executivo de Relações Institucionais e Comunicação da Vale, Luiz Osorio, visitaram a obra do Hospital Regional de Ourilândia do Norte

O Pará vai ganhar mais um hospital no sudeste paraense. Trata-se do Hospital Regional de Ourilândia do Norte, uma parceria da mineradora Vale com o Governo do Estado. A unidade hospitalar terá capacidade para atendimento de casos de alta complexidade e unidades de terapia intensiva (UTIs). Ao todo, o hospital terá 120 leitos. Para marcar o início da construção, representantes da Vale e o governador Helder Barbalho visitaram nesta quarta-feira, 30, o local da obra.

“Hoje nós estamos numa data importante. Nós estamos juntos aqui para fazer com que o sonho dessa região volte a aflorar e a esperança de termos um hospital regional para atender toda a PA 279. Mas mais do que isso. Este hospital estará compondo todo o sul e sudeste do estado com um equipamento fantástico para salvar a vida da nossa população”, destacou o governador Helder Barbalho.

“Mais do que um hospital, estamos iniciando hoje a implantação de um centro de excelência em saúde, que terá 120 leitos para atender aos moradores de Ourilândia e comunidades da região. Projetos como esse nos aproximam ainda mais das comunidades vizinhas às nossas operações e reforçam o nosso novo pacto com a sociedade e o nosso objetivo de melhorar a vida das pessoas”, destaca o vice-presidente Executivo de Relações Institucionais e Comunicação da Vale, Luiz Osorio.

Além de Ourilândia, o hospital vai beneficiar a população de 15 municípios da região sudeste do Pará, onde vivem mais de meio milhão de pessoas. Os outros dois hospitais regionais do sudeste estão localizados nos municípios de Redenção e de Marabá, distantes respectivamente a 259 quilômetros e quase 400 quilômetros da cidade.

O Hospital Regional contará com diversas especialidades médicas, entre elas cirurgia geral, oncologia, traumatologia, obstetrícia de alto risco, oftalmologia, nefrologia, cardiologia, além de UTIs adulto, pediátrico e neonatal. O espaço terá mais de 11mil m² de área construída pela Vale. As obras civis têm previsão de serem concluídas em 2022.

A empresa será responsável por toda a obra de construção e ao Governo do Estado do Pará caberá a gestão, operação e manutenção do hospital por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ourilândia do Norte é a sede da operação de ferro-níquel da Vale no Brasil, inaugurada há dez anos, em 2011. Desde a sua implantação a Vale tem contribuído com o desenvolvimento local, no apoio à infraestrutura, na geração de emprego, tributos e impostos ao município. Cerca de 1.500 empregos, entre próprios e terceiros permanentes atuam no complexo minerário de Onça Puma. Com o apoio da Vale, em maio foi entregue a obra de revitalização da pista de pouso e decolagem do aeroporto de Ourilândia e em janeiro desse ano, a Casa de Apoio ao Indígena Kayapó, em parceria com a Funai e a Prefeitura do município.

vale.com

Deixe um comentário