Funcionários da Manserv são presos sob acusação de furto

A inspetoria de segurança que presta serviços para a mineradora Vale apresentou a Polícia Militar, que por sua vez apresentou na 20ª Seccional de Polícia Civil, três pessoas acusadas de furto de materiais na área Vale. São eles: Waldnilson de Sousa Mota, Waldir Pinto dos Santos e Alessandro da Silva Lopes, todos empregados da empresa Manserv, terceirizada da Vale. A situação foi registrada na noite desta segunda-feira (5 de julho de 2021) por volta das 19 horas.

Segundo informações repassadas para a reportagem, os três já estavam sendo observados pela segurança. Ontem (5), os seguranças resolveram fazer uma revista aos funcionários da empresa Manserv, que já se preparam para chegar em Parauapebas a bordo de um ônibus locado para o transporte de funcionários.

Waldnilson mostrou bastante nervosismo com a chegada da segurança. A bolsa dele foi revistada e nada foi encontrado, depois, os seguranças pediram que o mesmo levantasse da poltrona, foi quando dois alicates de corte, pertencentes a área da Vale, foram encontrados.

Em relação a Waldir, um rolo de fio pesando três quilos foi encontrado embaixo da poltrona que ele estava sentado. Já na mochila de Alessandro, os seguranças encontraram 10 quilos e 200 gramas de fio de cobre encapado. Os seguranças acreditam que os materiais seriam vendidos em Parauapebas.

O procedimento de furto foi confeccionado na Polícia Civil e provavelmente, os funcionários deverão ser demitidos.

Portal Papo Carajás 

 

Deixe um comentário