Pai e amigo são suspeitos de abusar sexualmente de criança

Levi Rodrigo, de 23 anos, e o amigo Marconis Souza foram presos pela Polícia Militar em Canaã dos Carajás, sudeste do Pará, são suspeitos de estuprarem uma criança de 1 ano e 11 meses de idade. A bebê é filha de Levi.

O crime aconteceu no Bairro Vale Verde na tarde de domingo (2). Levi estava separado da mãe da criança há mais de um mês, mas sempre frequentava a casa onde a ex-esposa morava.

Segundo a mãe da menina, ele bebia com um amigo quando pediu a criança para dar banho nela. A família percebeu a demora do pai, que entrou com o amigo no banheiro. “Eu bati na porta e disse que queria a menina e ele, o pai, respondeu que estava terminando de fazer uma ‘parada’ e logo entregaria ela”, afirmou a tia da menor, que preferiu não ser identificada.

Quando a mãe pegou a filha para enxugá-la percebeu que a região genital da criança estava sangrando e chamou a Polícia Militar.

“Chegando à residência, falamos com a mãe da vítima e ela disse onde poderíamos encontrar os suspeitos. Foi só uma questão de tempo para prendê-los”, informou o soldado Silva Nogueira.

A criança foi submetida a exame de corpo de delito no Centro de Perícias Científicas de Parauapebas. De acordo com o laudo, a bebê de 1 ano e 11 meses sofreu abuso sexual. O delegado de plantão manteve a prisão dos dois suspeitos que agora estão à disposição da Justiça.

correiodecarajas.com

Deixe um comentário